Praia e chuva



Verão é sinônimo de praia, calor e diversão. Para o trabalhador é tudo isso e mais descanso.

Existe uma espera, até uma certa ansiedade para as ditas férias. Uma preparação física, emocional e para alguns quem sabe até espiritual.

Física, porque tem que haver uma mudança temporária de espaço - local.

Emocional, porque a mistura de alegria com a ansiedade, se misturam com fadiga acumulada nos últimos meses, sem contar, nas emoções que existe no decorrer das férias. 

E espiritual porque parece que nessa época do ano as pessoas tem uma certa tendência de ir para o lado 'negro da força.'

Ao chegar na praia o que mais se deseja é descanso, água e sol!

Mas, se você é como eu e outras centenas de pessoas, quando você chega na praia começa a chover.

Para muitos é um terror, para outros o paraíso. Confesso, sou amante da chuva e do céu cinzento, do clima ameno e do vento da praia gelado.

O mar não me chama atenção, não me cativa, mas agora a chuva. Meu Deus, como ela é maravilhosa, na praia então, uma das combinações perfeitas.

Férias foram feitas para descansar. E descansar ao som do mar, com o clima da praia e chuva é mais que um convite! É uma poesia da vida.

Quem nunca sofreu

Quem nunca sofreu,
com a decepção de um amor,
de um amigo, de um ser desconhecido.

Quem nunca sofreu,
antecipadamente,
agonizando por
aquilo que iria
acontecer lá
na frente.

Quem nunca sofreu,
pela perda
de uma pessoa
que se amou,

pelo tempo e
oportunidade
que se acabou.

Ou de algo que se foi
e nunca mais voltou.

Quem nunca sofreu,
não sabe a dor
de se estar vivo.

Quem nunca sofre,
ainda não amadureceu.

Quem nunca sofreu,
deveria perguntar-se
se realmente está
vivo.

Casamento não é para malandro


casamento, malandro, trabalho
(PINTURA DE EDMUND BLAIR LEIGHTON)

Em meio a uma cerimônia de casamento meu sogro saiu com uma pérola: “casamento não é coisa para malandro, casamento dá trabalho e malandro não gosta de trabalho. ”

Casamento é sinônimo de trabalho, casamento é esforço, casamento é dedicação, casamento é uma guerra não contra nosso cônjuge mas junto dele.

No dia-a-dia lutamos para que possamos permanecer, permanecer juntos. Para fazermos nosso amor permanecer.

Trabalhamos para juntos alcançar a felicidade, para dela desfrutarmos.

Casamento requer compromisso, malandro não tem compromisso.

Malandro é um ser egoísta, não é altruísta. O malandro procura a própria satisfação enquanto no casamento exige-se que você satisfaça o outro.

Compromisso não está no vocabulário do malandro, no seu vocabulário só há suas necessidades.

O malandro nunca aprendeu a conjugar na terceira pessoal do plural, para ele só existe a primeira pessoa do singular: o eu.

A malandragem pode até ter parceria, mas nunca experimentara o poder da aliança, e é a aliança entre duas pessoas que se amam, que as fazem permanecer juntas.  Manter a aliança dá trabalho.

Mas é nas consequências que vimos quem realmente, acertou o malandro ou o legitimo esposo.

O malandro termina só. O malandro faz muito mais festa, mas a verdadeira felicidade sempre é do casado. O malandro troca de parceira, quando aquela que está com ele, não o satisfaz, ou se ele conseguiu algo a mais.

O malandro se gaba da sua infidelidade, o que é seu orgulho, se tornará sua infelicidade.


Termino parafraseando Leon Tolstói: o verdadeiro conhecedor das mulheres, é aquele que conheceu a sua, e viveu somente para ela.

Dia 31 #100diasdeoraçãoporavivamento

Condições para o avivamento: ... se humilhar ... (2 Cr.7: 14)
Jesus ora por Seus discípulos: "Agora eles sabem que tudo o que você tem me dado
vem de você ... Eu não estou rogando pelo mundo, mas por aqueles que têm dado, porque são teus. Tudo que eu tenho é seu, e tudo que você tem é meu "(João 17: 7, 9-10).

Eterno Deus, oramos que o Senhor vai continue a revelar-se a esta geração como você fez nos tempos bíblicos. Como Jesus fez, nós também queremos levantar, e declarar, é tudo Seu, e toda a glória pertence a você. Tudo o que temos feito é apenas por Sua graça e misericórdia.

Alimento para o pensamento:
Deus traz avivamento não para a alegria de seu povo, mas para a glória de seu nome; e Ele não vai compartilhar essa glória com os homens. Os homens que se gabam de suas realizações, fazem a glória partir.
 - David Morgan.

Incessante oração:

Senhor, perdoa-me pelas vezes que eu tomei a glória, devida à Você, para mim.

Dia 30 #100diasdeoraçãoporavivamento


Condições para o avivamento: ... se humilhar ... (2 Cr.7: 14)
Então disse Maria: "Minha alma engrandece ao Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, pois atentou para a humildade da sua serva. De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada, pois o Poderoso fez grandes coisas em meu favor; santo é o seu nome. (Lucas 1:46-49)

Deus, salvador de todas as nações do mundo, nós certamente não conseguimos trazer-lhe alegria ou prazer. À medida que continuamos a nos humilhar, Você terá misericórdia e se lembrará de nós. Que possa ser conhecido que o Senhor abençoou sua Igreja para ser uma bênção para as nações, de geração em geração.

Alimento para o pensamento:
É o conhecimento profundo e pessoal de Deus que cativa toda a alma com a glória do caráter de Deus que está faltando entre os cristãos hoje.
 - A partir da: Avivamento, um povo saturado com Deus por Brian Edwards.

Incessante oração:

A minha alma glorifica a tua fidelidade, ó Senhor.

Dia 29 #100diasdeoraçãoporavivamento


Condições para o avivamento: ... se humilhar ... (2 Cr.7: 14)
Porque o Senhor se agrada do seu povo; Ele coroa os humildes com a salvação
(Sl.149: 4).

Pai e Soberano sobre tudo, como nós nos humilhamos, pedimos que sua sabedoria e revelação em nossas vidas nos leve a viver e nos mover, e o que temos em nosso ser venha deixa-Lo alegre! Pedimos que o Senhor venha e coroe aqueles que se humilharem com a salvação, renove a sua força e deixá-los voar com asas de águia.

Alimento para o pensamento:
Os cristãos não dizem mentiras; eles cantam em seus hinos.
- A.W Tozer.

Incessante oração:

Senhor Jesus ajuda-me a deixar o mundo ir, para você tomar conta de mim.

Insônia: Uma senhora ladra

Insônia: Uma senhora ladra


A insônia é cruel, ela não pensa nos outros, ela só deseja estar.

Estar ali vendo sua vítima revirar, cada vez mais preso aos lençóis.

Faz do seu alvo um andarilho, do quarto para sala, da sala para cozinha, de volta para o quarto.

A insônia é procrastinadora, ela fica empurrando o sono, você se sente cansado, exausto, mas ainda assim ela te prende.

Você pensa, vou aproveitar o tempo, vou ler. Quando vai começar, está cansado demais.

A insônia é ladra, não só do sono, como do tempo.

Os seus súditos, não conseguem se dedicar a mais nada.

Ela escraviza, alguns por poucas horas, mas outros por muitos meses. Ela não tem pena. Penso simplesmente que ela uma hora se cansa.

O prazer da insônia é fazer você estar com ela até ao alvorecer.

Penso - será que ela tem medo da noite, que precisa da gente para se entreter?

Acho que a resposta é não, porque sei de pessoas que recebem sua visita durante o dia. Mas se fosse até teria pena, mas como não é, só desejo que alguém consiga detê-la.

Por que o lugar de uma ladra é na prisão.

Mas pelo visto, ainda ninguém conseguiu detê-la, por que ela anda acumulando horas de sono, roubadas dos mais diversos tipos de cidadãos. Eu mesmo fui roubado por ela nessa noite.


Se você já sofreu nas mãos dela, compartilhe. Para que possamos prende-la, para que na próxima noite ela não nos visite.