Vizinhos[1] - O salvador mora ao lado!

Interessante este título, não é? Mas é pura realidade de nossa sociedade, hoje em dia a violência aumentando, a polícia se corrompendo, o sistema de segurança público precário, nossa vida corrida; então só nos resta trancafiarmos em nossas casas.

Há um tempo atrás, as casas não tinham cercas e se tivessem seriam aquelas baixas, onde as vizinhas poderiam botar a fofoca em dia, contar com orgulho que seu filho passou de ano, comentar o vizinho novo que chegou a casa a frente.
As crianças se reunião na rua, para jogar bola, andar de bicicleta, pular amarelinha.

A violência existia, a policia era corrompida, o sistema de segurança público era fraco, mais a nossa vida não era tão corrida, havia tempo para estar em casa, para passar na esquina para jogar conversa fora, olhar a criançada bater uma bola na rua.
E quando chegava um vizinho novo, logo ele seria conhecido; iríamos para ele na rua para bater um papo.

Mais os dias foram passando, nos fomos tendo que trabalhar mais para adquirir mais, para termos a ultima tecnologia, começamos a passar muito tempo fora de casa, os vizinhos foram mudando, as pessoas que moram ao nosso lado nem sabemos o nome, as crianças passaram a ficar presas dentro das casas, olhando para frente de uma tela.

E o que isso gerou?
Nossos bairros ficaram perigosos, nossas casas vulneráveis a criminalidade, nossas crianças mais problemáticas, com problemas depressivos, pesquisas mostram que já é 20% das crianças que sofrem de depressão, e de saúde devido a falta de exercícios, pesquisas também mostram que o índice de obesidade infantil tem aumentado drasticamente nos últimos anos, e também de contato social.

Enquanto eu escrevia esta coluna aconteceu duas coisas que vieram a confirmar isso que aqui escrevo, a primeira é que chegando a casa de minha namorada que mora num bairro, muito quieto, conseqüente da correria do seus moradores, a vizinha tinha tido a casa dela arrombada numa tarde de sábado ensolarado, onde ninguém viu nada acontecer; e a segunda é que recebi um e-mail de um amigo de infância que mora na frente de minha da minha casa, e que nunca mais tive tempo para conversarmos, queres ver o e-mail que ele me mandou? Entre no meu blog – www.andersonmenger.tk

Valorize seu vizinho, pois ele pode ser seu salvador, valorize sua comunidade, porque ela pode ser seu maior refúgio!

Anderson Menger
andermenger@ig.com.br
www.andersonmenger.tk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM FEED

@AndersonMenger