Quando Palavras Não Bastam


Você já passou por uma situação que suas palavras não adiantariam nada?

Bem eu já passei por várias; o que dizer para uma mãe que acabou te enterrar seu filho adolescente que morreu por uma bala perdida?

Ou o que dizer a mulher que perdeu seu marido, ficando sozinha no mundo com seus quatro filhos ainda pequenos para criar?

O nosso “sinto muito”, “meus pêsames”, adiantam em alguma coisa, consolam o coração dilacerado pela dor da perda?

Estou chegando à conclusão que diante da dor nossas palavras não possuem efeitos amenizadores, tudo que nós podemos dizer não vai aliviar ou tirar a dor padecendo. Palavras são muito importantes em cerimônias, em eventos cívicos, mas na hora que a parte emocional fala mais alto as palavras se tornam mudas.

O que fazer então para consolar alguém que teve uma perda de um próximo? Fique perto, abrace, demonstre seu carinho em gestos e ações que nessa hora falam mais alto que qualquer palavra. A solidão é o pior castigo de uma pessoa que perdeu seu ente querido, então não a deixe sozinha, abrace-a mostrando que você está com ela nessa situação, mostre-se parceiro nessa hora de dor, são as melhores maneiras de expressar seu carinho por essa pessoa.

“Sinto Muito”, “Meus Pêsames” são frases muito frias para se dizerem a pessoas que estão passando pelo lado frio da vida, a morte de um querido, procure aquecer o coração do que sofre, não deixando que o desgosto pela vida os contamine. Deixe-a usar a sua camisa como um lenço, encharcá-la como uma toalha, por que é melhor a lágrima chorada do que a escondida.

Em momentos de dor ações falam mais alto que as palavras, pense nisso!

Ander[son] Menger

andermenger@ig.com.br

10 comentários:

  1. Uma bencao a tua palavra. Deus continue te usando em cada palavra escrita neste blog.
    Teu seguidor @lucasddt... hehe

    ResponderExcluir
  2. Querido, concordo e discordo rsrs. Concordo, pois a palavra nem sempre é suficiente...mas algumas palavras, acompanhadas de gestos verdadeiros te trazem conforto e segurança. Ajudam nas horas dificeis.te dão a força e o otimismo que vc precisa. Perdi meu marido ha pouco tempo, e posso dizer por experiência de causa: palavras fazem falta, mas quando tu tem sinceridade e afeto junto com elas. Lindo teu texto, entendi perfeitamente o q vc quer dizer. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. PARA FALAR AO VENTO SO BASTAM PALAVRAS , MAS PARA FALAR AO CORAÇAO SAO NECESSARIAS AS OBRAS

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente, acredito que atos valem mais do que palavras!!
    Não só nessa situação, mas também na hora de criticar, antes de criticar ou se formos criticar precisamos pensar se nossos atos justificam a crítica, não acha?
    Adorei o texto!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog e pelo poder da "palavra". Já sou seu seguidor e espero que siga também o meu http://timonhanoticias.blogspot.com/

    Acabei de ti dá uma boa dica: "A Troca!"

    Espero ser contato permanente e parceiro seu. Tenho alguém a te indicar que vais gostar...

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Ah, gostaria de postar um texto seu no meu blog, fazendo, claro, menção ao seu... Permite-me?

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Eu já passei por momentos assim... e descobri que as palvras são incostantes. Para nos desaminar basta uma palavra, mas quando o efeito é o contrário elas parecem ser insuficientes.

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante essa reflexão.
    Para mim palavras são importantes quando acompanhas de atitudes.É bom dizer para alguém caido "levanta-te, mas melhor ainda é ajuda-lo a levantar.

    ResponderExcluir

INSTAGRAM FEED

@AndersonMenger