Ela nunca aprendeu há contar as horas...


Quem nunca aprendeu há contar as horas?

A esperança.

Você já pensou que ela havia morrido, mas sempre falam para você que ela é a ultima a morrer, mesmo que você se vá ela continuará. Você também pensou que ela esqueceu de você, mesmo sendo você a pessoa que mais torceu por ela, para ela não ir embora.

Pensando em desistir lembrou que ela nunca desistiu e, além disso, fez a historia oculta de homens fracassados se tornarem em mega clássicos da historia dos vencedores. Ela ajudou a pessoas que talvez você e eu nunca fossemos ajudar, ergueu pessoas que acabamos de pisar, revolucionou o mundo mesmo ninguém a ajudando se superar, ensinou a superação aos que pareciam aflitos estar.

Ela é mal entendida, incompreendida e até desvalorizada, mas quando se aparta sua falta logo é notada. Nós sem ela parecemos nada, a vida sem ela é totalmente sem graça.

Nunca se atrasou mesmo não sabendo as horas contar, nunca um dia se atrasou mesmo o calendário ela não usar.

A esperança é fantástica, de horário ela não precisa, de calendário menos ainda. Mas o que ela mais precisa é de alguém que ainda nela possa confiar.

Anderson Menger

___________

Série Palavras, é uma série de textos que estarei abordando sobre diversas palavras que se encontram no nosso dia-a-dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM FEED

@AndersonMenger