Então é Natal...




E o que comemoramos nessa data mesmo?

Passamos o ano inteiro em uma correria desgraçada, que nos priva muitas vezes de realmente viver, e quando chegamos a dezembro o que parece é que queremos pular este mês.  
Você sabia que em dezembro o numero de suicídio aumenta terrivelmente? Que pessoas entram em depressão entre natal e o ano novo?

Por que isso acontece? Porque não vemos o ‘espírito natalino’ nas ruas e nas pessoas?
Porque somente esquecemos o verdadeiro significado do natal. O amor.

Natal só existe, não por causa do comercio, ou do papai Noel, ele existe porque há muitos anos, Deus pelo seu amor, enviou seu filho imortal para se tornar um mortal como nós. Porque Ele fez essa ‘loucura’? Por causa do amor, amor pelas obras de suas mãos, nós seres humanos, mortais por causa da natureza pervertida que nos dominou e nos desviou do seu amor.

Natal é perdão, é a aproximação do divino com o humano, e aniquilação dos erros e a esperança de remissão. É o convite para voltar, para amar e perdoar. Natal é a celebração de uma vida que trouxe vida a todos nós. É saber que a vida tem um sentido, não é por acaso que estamos aqui, e como dizia Einsten – “Deus não é um jogador de dados”.

Vida que é celebrada em dezembro, mas poderia e deveria ser celebrada diariamente, e os presentes não precisariam ser comprados, poderiam ser: “Para seu inimigo, perdão. Para um oponente, tolerância. Para um amigo, seu coração. Para um cliente, serviço. Para tudo, caridade. Para toda criança, um exemplo bom. Para você, respeito.” (Oren Arnold)

E que nesse natal o espírito de gratidão domine nossas mentes, por que se estamos aqui, é por causa do amor, e se temos a permissão suprema de continuarmos aqui, é porque Ele nos ama.

Ame, perdoe, honre, agradeça, mas não esqueça o natal é a celebração do amor entre Deus e os homens.

Anderson Menger

Um comentário:

  1. Parabéns pelas belas palavras! Realmente deveríamos ter conosco o "espírito de Natal" durante todo o ano e nos esforçarmos mais para agir de acordo com o seu verdadeiro significado.

    Abraços,
    Elaise Lima.
    elaiselima.blogspot.com

    ResponderExcluir

INSTAGRAM FEED

@AndersonMenger