A culpa é dos outros




Você já percebeu a diferença do vitorioso e do fracassado?
Quando termina uma partida de futebol, os dois times jogaram no mesmo lugar, mas o discurso do vencedor é sempre muito diferente do perdedor. Quase sempre o jogador do time perdedor acha uma falha ou alguém para culpar.

Quando fracassamos, o que fizemos, assumimos a culpa ou inventamos desculpas?
Inventar desculpas é bem mais antigo do que pensamos, desde os primeiros dias da humanidade desculpas tem sido inventadas, homens e mulheres, de todas as idades, para tentar se livrar da culpa tem inventado desculpas.

Dar desculpas é transferir a culpa! Ou pelo menos compartilhar a culpa. Inventamos desculpas, colocamos a culpa nos outros ou em outras coisas; para mostrar que o fracasso não foi nosso, ou não foi somente nosso.

Existe um ditado popular que diz: “quem dá desculpas, não dá resultado”. Nós sabemos as razões dos nossos fracassos, ninguém fracassa só por causa dos outros; então ao invés de fazermos e inventarmos desculpas, devemos ser a solução do nosso próprio fracasso ou erro. Mas tudo isso começa, quando assumimos a culpa, e a superamos, usando ela para nos ensinar aonde não errar.


Os homens sempre irão fracassar em algum momento da vida, mas não enxergar o erro e assumir a culpa sempre os tornará fracassados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM FEED

@AndersonMenger