A dele é de ferro, a minha de papelão

Estou doente, como me curar, sou fraco para dor

Parece que tem momentos na vida que o nosso corpo entra em guerra, nós lutamos para não ficarmos doentes, enquanto nosso corpo tende a nos mostrar a nossa fraqueza.

Eu não tenho uma saúde de ferro! Ah! Se eu tivesse, seria mais parecido ainda com meu pai.

Meu pai, poucas vezes na vida o vi debilitado por uma doença, virose, seja lá a forma de nosso corpo demonstrar que não temos nem o governo da nossa saúde.

Saúde de ferro, é assim a forma popular para descrever as pessoas que não são facilmente derrotadas pelo corpo. Pessoas que tem a imunidade alta, em outras palavras que são fortes comparadas as que são fracas.

Se meu pai tem uma saúde de ferro, provavelmente a minha é de papelão.

O meu corpo sempre mostra o papelão que eu faço quando me sinto mal. Quando corpo vence e é vencido por aquilo que me deixa mal. Pareço ser o melhor dramaturgo que existe sobre a terra.

Minha esposa implica, com toda razão, declarando, junto com todos, o meu grande papelão.


Falam que o homem para dor e doença é mais fraco que a mulher, e isso é verdade, para isso ela é de ferro, e eu simplesmente, papelão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM FEED

@AndersonMenger